segunda-feira, 29 de agosto de 2016

24ª Exposição Canina Nacional do Alto Alentejo (CAC) e XVIII Encontro do Ranking Distrital dos “Jogos Tradicionais”

 Volta a Arronches a Exposição Canina do Alto Alentejo (CAC) na sua 24ª edição.
Como habitualmente terá lugar no Jardim do Fosso no próximo dia 10 de Setembro pelas 10 horas.
A exposição é organizada pela Associação de Criadores Ille de France-A.C.I.F., e conta com os apoios da Câmara Municipal de Arronches e do Clube Português de Canicultura.
No dia seguinte e no Rossio, terá lugar o XVIII Encontro do Ranking Distrital de “Jogos Tradicionais” com a respectiva festa de encerramento.
A concentração dos participantes terá inicio às 9 horas, seguindo-se o Torneio de Malha, uma demonstração dos jogos tradicionais, um almoço convívio e a entrega de prémios e lembranças aos participantes.
O encontro é organizado pela Associação de Jogos Tradicionais do Distrito de Portalegre em parceria com a Câmara Municipal de Arronches e a Associação Terrimponente

domingo, 28 de agosto de 2016

Edição do mês de Agosto do Noticias de Arronches, terça-feira nos locais habituais

Começa terça-feira a ser distribuída nos locais habituais, a edição de Agosto do Jornal Notícias de Arronches.
Os destaques desta edição vão para o ciclo de festas que tiveram lugar neste mês com as Festas da Esperança, Bombeiros V. de Arronches e da Paróquia de Nª Sr.ª de Assunção.
Os incêndios assolaram em especial o Norte e Centro do país, onde participaram os Bombeiros V. de Arronches. O Notícias de Arronches foi saber qual o contributo dos nossos bombeiros no combate a este flagelo.
Importa preservar e dar um aspecto limpo ao nosso património. A Câmara Municipal de Arronches, tomou a seu cargo a pintura da Igreja Matriz, Torre do Relógio dos Paços do Concelho, Torre da Igreja da Santa Casa da Misericórdia e brevemente seguir-se-á a Torre da Igreja da Luz.
O snack-bar “O Fosso” comemorou 10 anos de portas abertas, fidelizando clientes e fazendo amizades. Luís Aranha e a sua família receberam os clientes e amigos neste dia de efeméride, oferecendo petiscos variados, onde os clientes apenas pagavam as bebidas. Amizade e fidelização com petiscos se pagam…
Ascender hoje em qualquer profissão não é fácil, sobretudo se for num mundo competitivo. O Chef pasteleiro arronchense Luca Arguelles, colaborador do nosso jornal, tem agora o prémio de uma vida a viajar para aprender com os melhores as técnicas de pastelaria. A estação de televisão SIC, depois de um casting, nomeou como um dos júris do seu novo programa The Best Bakery, (a melhor pastelaria de Portugal) que vai para o ar em Outubro.
No desporto o Futebol Clube Mosteirense vai ao Cartaxo para disputar a 1ª eliminatória da Taça de Portugal e o N.A. esteve em Monforte para ouvir e falar de futebol com o jornalista Fernando Correia. Estes são os destaques mas, pode ficar ao corrente de muitas mais notícias do seu concelho…e não só.
Como habitualmente, as crónicas dos nossos colaboradores trazem o interesse para que possa desfrutar de mais uma edição do Notícias de Arronches.

sábado, 27 de agosto de 2016

Marisco e peixe grelhado hoje à noite no "O Fosso"

O verão está a chegar ao fim mas, o calor perdura e a alimentação é especifica, com grelhados, marisco, saladas etc.
Nesse sentido, hoje a partir das 19 horas no restaurante "O Fosso" pode desfrutar de uma refeição em plena esplanada com entradas de marisco e peixe grelhado.
Uma boa forma de terminar o dia em que para além do jantar, está também o convívio entre familiares e amigos e a simpatia da equipa do Luís Aranha.

Iniciou-se ontem em Arronches, o ciclo do "Cinema Português em Movimento"

Iniciou-se ontem em Arronches no Jardim do Fosso, a primeira exibição do ciclo de cinema ao ar livre, numa iniciativa do ICA e da Câmara Municipal de Arronches. Com uma noite a convidar a sair de casa, foram muitos os que acorreram ao jardim para verem esta película portuguesa, baseada num argumento que foi um grande êxito do cinema português mas, agora, adaptada ao século XXI.
Não havia lugares disponíveis porque, ao contrário de outras ocasiões, digamos que a lotação esgotou. A exibição do filme "O Pátio das Cantigas" ao contrário do que tinha sido anunciado previamente, não começou às 21 horas mas sim meia hora mais tarde, dando assim tempo a que as pessoas pudessem jantar e deslocar-se calmamente para o local. Houve uma introdução sobre esta iniciativa por parte de membros do ICA e também uma intervenção da Presidente da Câmara Municipal de Arronches, Fermelinda Carvalho. Seguem-se hoje na Freguesia da Esperança a exibição do filme "Virados do Avesso" e no domingo termina este ciclo do "Cinema Português em Movimento" na Freguesia dos Mosteiros com a projecção do filme "Capitão Falcão".

sexta-feira, 26 de agosto de 2016

União Europeia disposta a ajudar Portugal sobre os incêndios florestais em Portugal

Declaração da Comissária europeia Corina Crețu sobre os incêndios florestais em Portugal


"A tragédia dos recentes incêndios florestais em Portugal revelou como é importante a solidariedade da UE em tempos de crise. Tal como o meu colega Christos Stylianides, Comissário responsável pela Ajuda Humanitária e Gestão de Crises, declarou, a situação em Portugal é uma prioridade absoluta para a UE. A UE respondeu de forma imediata ao pedido das autoridades portuguesas, tendo contribuído para mobilizar assistência voluntária através do Mecanismo Europeu de Protecção Civil para apoiar os esforços nacionais durante a crise.
Actualmente, os portugueses estão confrontados com a destruição de muitas casas, infra-estruturas e edifícios públicos, e a UE está pronta a ajudar, uma vez mais, para que possamos começar a reconstruir, em conjunto.
As autoridades portuguesas podem candidatar-se a apoio financeiro ao abrigo do Fundo de Solidariedade da UE. Na sequência de catástrofes naturais, o Fundo de Solidariedade da UE pode ajudar as comunidades a regressar à normalidade em toda a Europa. Desde que os danos causados por uma catástrofe excedam um determinado limiar, o Fundo pode contribuir para cobrir os custos dos serviços de emergência e das operações de limpeza, protegendo o património cultural e restabelecendo as infra-estruturas e os serviços.
A Comissão está pronta a ajudar ao longo de cada etapa do processo de candidatura. Além disso, o Fundo de Solidariedade da UE foi reformado em 2014, a fim de tornar o processo de candidatura mais simples e permitir que a UE disponibilize dinheiro mais rapidamente, através da possibilidade de um adiantamento.
Uma catástrofe pode ocorrer a qualquer momento e quando menos se espera. Não podemos evitar que aconteça. Mas podemos preparar-nos e atenuar o seu impacto, reduzir os danos e, mais importante ainda, salvar vidas e proteger a saúde dos nossos cidadãos. Os Fundos Europeus Estruturais e de Investimento (FEEI) apoiam as medidas de prevenção de riscos e adaptação às alterações climáticas em toda a UE. Sempre que necessário, os programas dos Fundos FEEI podem igualmente ser alterados para responder a novas prioridades.»

Antecedentes

O Fundo de Solidariedade da UE foi criado para responder às graves inundações na Europa Central no verão de 2002. Complementa os esforços das despesas públicas dos Estados-Membros para financiar operações essenciais de emergência levadas a cabo pelas autoridades.
Portugal já beneficiou por duas vezes do Fundo de Solidariedade da UE desde a sua criação, em 2002: Em Julho de 2003, na sequência de incêndios florestais, e em Fevereiro de 2010, após as inundações e os deslizamentos de terras que afectaram a ilha da Madeira. No total, cerca de 80 milhões de euros foram disponibilizados para Portugal ao abrigo do Fundo de Solidariedade da UE.
A contribuição financeira do Fundo pode ser concedida após pedido das autoridades nacionais e desde que os danos causados pela catástrofe excedam um determinado limiar específico de cada Estado‑Membro e de cada região. Para mais informações, consultar o Regulamento do Fundo de Solidariedade da UE e o sítio Web InfoRegio".

segunda-feira, 22 de agosto de 2016

Executivo da Câmara Municipal de Arronches reuniu depois do período de férias

Depois do período de férias, os vereadores do executivo da Câmara Municipal de Arronches voltaram a reunir-se hoje, 22 de Agosto, desta feita na Junta de Freguesia dos Mosteiros.

Os vereadores decidiram por unanimidade, depois de apreciado o projecto de arquitectura e informação dos serviços técnicos, aprovar o pedido de licenciamento da obra de Requalificação e Ampliação do “Lar de Terceira Idade” do Centro Social Bom Jesus de Esperança, o que vai criar uma maior capacidade de acolhimento de utentes.
O executivo aprovou também, suportar o encargo com a aquisição dos cadernos de actividades dos alunos do 1º Ciclo do Ensino Básico.
Do expediente e requerimentos recebidos neste período de férias dos vereadores, e que agora vieram a reunião, de salientar o pedido de concessão de apoio financeiro para o pagamento da renda mensal da Casa do Concelho de Arronches em Lisboa. Este mereceu o apoio incondicional de todo o executivo, pois consideram ser importante este apoio para que a Casa representativa do Concelho de Arronches na capital do país, continue a desempenhar a sua função cultural, lúdica, bem como forma aglutinadora dos arronchenses que vivem ou se desloquem a Lisboa (...) Ler mais na edição em papel de Agosto.

domingo, 21 de agosto de 2016

Arronches - Acidente na Ponte de Santa Maria por encandeamento com o sol

Ontem ao final da tarde, nos semáforos da Ponte de Santa Maria em Arronches, registou-se um acidente entre duas viaturas ligeiras. 
Segundo a informação do condutor que abalroou a viatura parada no semáforo, só deu pelo embate quando ouviu o barulho e disparam os airbags da sua viatura.
O condutor disse ao N.A. que o acidente "foi provocado por se ter encandeado com o sol por entre as árvores" o que fez com que não visse a viatura parada no sinal.
Deste acidente há apenas a registar danos materiais, já que condutores e passageiros saíram ilesos, apenas assustados pelo impacto.(foto-N.A.)

Futebol Clube Mosteirense prepara encontro da 1ª Eliminatória da Taça de Portugal

O Futebol Clube Mosteirense (Campeão Distrital 2015/2016) realizou ontem, no Estádio Municipal "Francisco Palmeiro" em Arronches, um jogo treino com vista à sua participação na Taça de Portugal.
A equipa Campeã Distrital desloca-se no dia 4 de Setembro ao Cartaxo para defrontar a equipa local. O jogo foi feito com a equipa da Mina do Bugalho/Alandroal do Distrito de Évora, equipa que não disputam qualquer campeonato mas sempre disponível para participar em encontros amigáveis, um gesto digno de registo.
A equipa do Mosteirense mostrou-se com grande disponibilidade para este jogo e que serviu para Jorge Moura e os seus adjuntos tirarem ilações para o jogo da Taça de Portugal que se avizinha.







sábado, 20 de agosto de 2016

Abertas inscrições para a Academia Sénior de Arronches

A Academia Sénior de Arronches a funcionar há dois anos lectivos, é um projecto do Município consolidado, dado o número de alunos que hoje a frequentam. 
Nesta academia os alunos adquirem conhecimentos sobre áreas como o Património e História Local, Cidadania, Informática, Artes plásticas, Música, Teatro, Alfabetização e Língua Portuguesa, Ginástica, Hidroginástica, Passeios, Visitas de Estudo, entre outras mais disciplinas.
As inscrições encontram-se abertas para indivíduos com mais de 50 anos e disposto a alargar os seus conhecimentos neste ano lectivo de 2016/2017. Para se inscrever deve dirigir-se ao gabinete de Acção Social da Câmara Municipal de Arronches ou pelo telefone 245 580 080.
Os alunos que frequentaram o ano lectivo anterior e renovaram a sua inscrição, estão dispensados desta formalidade.

quinta-feira, 18 de agosto de 2016

Cinema Português em Movimento, em Arronches

Tem inicio no dia 26 de Agosto o ciclo do Cinema Português em Movimento (Cinema ao Ar Livre). A primeira sessão desta iniciativa do Instituto do Cinema e das Artes – ICA, que conta com vários apoios institucionais, entre eles o Município de Arronches, terá lugar em Arronches no Jardim do Fosso a partir das 21 horas com a exibição do filme “O Pátio das Cantigas”, um filme de Leonel Vieira e com um elenco com grandes nomes da representação portuguesa.
Em 1942, o cinema português ganhava uma das suas mais emblemáticas obras: "O Pátio das Cantigas", uma comédia realizada por Francisco Ribeiro e interpretada por nomes como Vasco Santana, António Silva ou Laura Alves. Em 2015, ganha novas referências. Os diálogos e jogos de equívocos continuam a gravitar sobre os sonhos, alegrias, aventuras, amores e desamores de um conjunto de personagens de um típico bairro lisboeta, mas transformaram-se para o século XXI. A provocação de Narciso ao merceeiro, por exemplo, passa a ser "Ó Evaristo, não percebes nada disto!".
No dia seguinte há mesma hora, será a vez da Freguesia de Esperança receber o filme “Virados do Avesso” no Largo da Escola Primária. Virados do Avesso é um filme português e mini-série do género comédia romântica, realizado por Edgar Pêra. É protagonizado por Diogo Morgado e Jorge Corrula e conta com a participação do cantor angolano Anselmo Ralph. 
Finalmente na noite de 28 de Agosto os habitantes na Freguesia dos Mosteiros terão a oportunidade de verem o filme “Capitão Falcão” numa sessão como as outras ao ar livre.
Capitão Falcão é um filme e mini-série de género comédia de 2015, realizado por João Leitão. Gonçalo Waddington e José Pinto interpretam os principais papéis.

terça-feira, 16 de agosto de 2016

VIDEO - Fados e Flamenco nas Festas em Honra de Nª. Srª. de Assunção

Noite Luso-espanhola nas Festas em Honra de Nª. Sr.ª de Assunção

O dia 15 de Agosto assinalado no calendário como feriado nacional, tem um carácter particular para os arronchenses, já que se trata de celebrar as Festas em Honra de Nª Sr.ª de Assunção a Padroeira da Vila de Arronches.
A programação começou com a Missa Solene na Igreja Matriz que, por iniciativa do Município se apresentou pintada, dando-lhe a importância devida. Trata-se de um monumento de grande interesse patrimonial, dada a sua história e beleza arquitectónica, conforme nos descreveu Maria Clara, que apresentou o programa com a simpatia e disponibilidade que lhe são reconhecidas.
Seguiu-se a Procissão pelas ruas da Vila acompanhada pela Banda Euterpe de Portalegre, cumprindo-se assim com a parte litúrgica. 
Ao final da tarde teve lugar a abertura da quermesse que tem, juntamente com o espectáculo, a finalidade de angariar fundos para a Paróquia.
A noite de fados no cenário fabuloso e este ano melhorado da escadaria da Igreja Matriz, é sempre aguardada com grande expectativa por parte da população(...). 
(Ler mais na edição em papel de Agosto. Brevemente no nosso Canal de Vídeo, colocaremos um resumo desta noite de festa com fadistas e sevilhanas)

segunda-feira, 15 de agosto de 2016

Alentejo 2020 com concurso para projectos de execução rápida

Foi lançado um concurso para projectos de execução rápida, ou seja, projectos de investimento que possam ser concretizados em períodos mais curtos, correspondendo à necessidade de resposta às solicitações de mercado sentidas pelas empresas, e que pretende estimular a tipologia de Investimento designada por “Inovação Empresarial”, definida nos termos do artigo 3.º do RECI, concorrendo para o incentivo à realização de mais e melhor investimento, mas também para investimento mais rápido, antecipando os resultados a ele associados.
São consideradas como admissíveis as operações designadas como “projectos de execução rápida” definidas de acordo com as seguintes condições:
a) Projectos que apresentem um grau de execução medido pela despesa de investimento realizada até 31 de Dezembro de 2016 não inferior a 20% do total de investimento;
b) Projectos que sejam concretizados num prazo não superior a 12 meses, podendo o mesmo ser objecto de uma única prorrogação de 6 meses adicionais em casos devidamente justificados
As operações apoiadas no âmbito do deste concurso sofrerão uma majoração da taxa de incentivo de 10 pontos percentuais, a aplicar às despesas elegíveis realizadas nos 12 meses de execução dos projectos, não sendo aplicável ao investimento realizado em eventual prorrogação de prazo.
Para além da natureza temporal deste investimento, pretende-se apoiar os projectos que contribuam para: Aumento do investimento empresarial das grandes empresas em actividades inovadoras (produto ou processo), reforçando o investimento empresarial em actividades inovadoras, promovendo o aumento da produção transacionável e internacionalizável e a alteração do perfil produtivo do tecido económico, através do desenvolvimento de soluções inovadoras baseadas nos resultados de I&D (investigação e desenvolvimento tecnológico) e na integração e convergência de novas tecnologias e conhecimentos e ainda para a criação de emprego qualificado (Prioridade de Investimento (PI) 1.2 mencionada na alínea a) do n.º 1 do artigo 19.º do RECI).
Reforço da capacitação empresarial das PME para o desenvolvimento de bens e serviços, através do investimento empresarial em actividades inovadoras e qualificadas que contribuam para sua progressão na cadeia de valor (Prioridade de Investimento (PI) 3.3 mencionada na alínea c) do n.º 1 do artigo 19.º do RECI).
Aumentar as capacidades de gestão das empresas e da qualificação específica dos activos em domínios relevantes para a estratégia de inovação, internacionalização e modernização das empresas, de modo a potenciar o desenvolvimento de actividades produtivas mais intensivas em conhecimento e criatividade e com forte incorporação de valor acrescentado nacional (Prioridade de Investimento (PI) 8.5 mencionada no n.º 2 do artigo 19.º do RECI).
É atribuído, portanto, um claro enfoque a investimentos no domínio da diferenciação, diversificação e inovação, na produção de bens e serviços transaccionáveis e internacionalizáveis, no quadro de fileiras produtivas e de cadeias de valor mais alargadas e geradoras de maior valor acrescentado.
Os beneficiários dos apoios previstos no presente Aviso de concurso são empresas (PME e grandes empresas) de qualquer natureza e sob qualquer forma jurídica.
O Alentejo 2020 tem uma dotação global de 20.250 milhares de euros, incluindo FEDER e FSE, para este concurso. O concurso está aberto até 15.09.2016.
Consulte o aviso de concurso no site do Alentejo 2020, para obter mais informação.

sábado, 13 de agosto de 2016

Falar de futebol com Fernando Correia na sede do Futebol Clube Monfortense

Fernando Correia um dos mais prestigiados jornalistas desportivos e uma referência para todos os profissionais, esteve na sede do Futebol Clube Monfortense para falar de futebol.


A convite da direcção do F.C.Monfortense estivemos na sua sede ontem, para ouvir e participar numa conversa informal com Fernando Correia, que acedeu ao convite da nova direcção do clube monfortense para esta conversa sobre futebol.
Ao mesmo tempo na sala onde decorreu este evento, foi inaugurada uma exposição permanente da autoria do artista plástico "Patico", com os retratos pintados de todos os presidentes que passaram por este clube.
David Marrucho o actual Presidente da Direcção apresentou à plateia Fernando Correia, afirmando que tal não era necessário pois "Fernando Correia é sobejamente conhecido de todos os que gostam de desporto" e para o clube "uma honra poder contar com a sua presença". Também esteve presente por impossibilidade de Gonçalo Lagem, Presidente da Câmara de Monforte (chegaria mais tarde), o Presidente da Assembleia Municipal Rui Maia da Silva e um representante da Associação de Futebol de Portalegre.
Fernando Correia com a eloquência e sabedoria que lhe são reconhecidas, traçou em palavras sentidas e de grande coerência todo o seu percurso. Confessando inclusivé que foi fazer relatos de futebol por mera casualidade, pois ou era essa situação ou, então, o desemprego, porque não queria mais ser repórter de guerra nas então guerras coloniais dos anos sessenta. Ficámos a saber, que ele não sabe até hoje, porque é sportinguista. O que sabe é que logo com sete meses de idade o equiparam à Sporting para uma foto... e até hoje contínua adepto deste clube mas, regendo-se sempre pelo código deontológico a que a profissão obriga.
Depois desta explanação do que tem sido a sua vida e dizendo que continua no activo porque é um Homem sem idade, porque a idade está na cabeça das pessoas, foi a vez do diálogo entre o jornalista e os presentes. Foram abordados temas a nível do futebol profissional, do jornalismo actual que, na sua opinião, está num momento muito mau, sobretudo nas estações de televisão que massacram os telespectadores de manhã à noite com programas sobre futebol mas sem qualquer conteúdo.
Fernando Correia quis destacar a forma como hoje se vive o futebol. Para o veterano jornalista hoje um jogo de futebol “é como que o escape de frustrações acumuladas ao longo da semana e que são despejadas durante o jogo”. Para si não tem cabimento a “expressão de jogar contra, joga-se sim com, porque se o outro não quiser jogar não posso jogar sozinho”. Na sua opinião isso ficou-se a dever "quando certos dirigentes quiseram que os adeptos vissem no outro, o inimigo". Ou ainda quando ao sul do país eram os "mouros", afirmou.
Falou-se também do futebol a nível distrital. Tema trazido para a mesa pelo Notícias de Arronches, sobre o qual para além de Fernando Correia participou nesse debate o representante da A.F. de Portalegre. Concluindo-se que sem o papel que as autarquias (as que podem) desempenham na ajuda aos clubes das associações distritais, sobretudo as do interior desertificado, é por vezes muito difícil manter estes campeonatos. Tudo isto porque o Estado não tem apostado na formação dos jovens. Foi ainda realçada a conquista do Campeonato da Europa que se deve à crença do seleccionador Fernando Santos, à capacidade dos jogadores e aposta da Federação feita pelo seu Presidente Fernando Gomes. 
O representante da Associação de Futebol de Portalegre, destacou algumas das alterações introduzidas pela Federação, que permitem actualmente que os clubes arrecadem parte da receita da Taça de Portugal e a A.F. de Portalegre pode reduzir de alguma forma o valor das inscrições dos jogadores.
Esta foi uma iniciativa louvável da actual direcção do clube monfortense, que finalizou com a oferta de "Patico" de uma sua pintura em que retrata magistralmente o jornalista Fernando Correia.

Luca Arguelles o chef pasteleiro arronchense, depois de “calcorrear mundo” chega à SIC com o programa The Best Bakery

Luca Arguelles e Telmo Moutinho são os jurados de Best Bakery. Os chefs pasteleiros juntam-se a Ana Guiomar para dar a conhecer o lado mais adocicado do nosso país!



(Telmo Moutinho, Ana Guiomar e Luca Arguelles)
Luca Arguelles e Telmo Moutinho juntam-se a Ana Guiomar no programa que vai dar a conhecer o lado adocicado do nosso país. Produzido pela Shine Iberia para a SIC, e com estreia marcada para a rentrée (Outubro, domingo à noite). Best Bakery - A Melhor Pastelaria de Portugal’ é o formato que vai de norte a sul e ilhas em busca daquela que será considerada a melhor pastelaria nacional.
Luca Arguelles é natural de Arronches (Portalegre), tem 33 anos e trabalha em pastelaria há 15, com um largo currículo adquirido quer em Portugal como além fronteiras. Sobre esta nova oportunidade de ser mais conhecido através da sua profissão disse que “é uma coisa que me apaixona bastante, seja o tradicional, seja o mais moderno e actual".
Actualmente dedica-se ao negócio de família em Arronches, onde está a apostar na expansão do negócio. Além da vertente mais tradicional, a Padaria Arguelles fornece os hotéis 5 estrelas da região do Alentejo.
“Gosto dos dois estilos de pastelaria, mas acima de tudo gosto de mostrar às pessoas que não é preciso estar numa grande cidade para fazer coisas diferentes e bonitas”, diz.
Já há muito que o Notícias de Arronches sabia desta hipótese de Luca Arguelles (nosso colaborador há muitos anos), que depois do casting pelo qual passou, havia uma forte possibilidade de ser um dos seleccionados para júri deste programa. The Best Bakery em Inglaterra obteve um êxito tremendo, pela competição de padarias e pastelarias defendendo cada uma a sua região, conforme os portugueses que têm acesso ao canal que o transmite puderam constatar. Espera-se que em Portugal tenha o mesmo êxito e que o profissionalismo do nosso conterrâneo possa contribuir para isso. (Fonte e foto-SIC)

Bombeiros de Arronches na frente do combate aos incêndios no norte do país

Tendo em conta a actual situação de incêndios florestais que se vive no país, tem sido este o contributo que os Bombeiros de Arronches estão a dar para debelar este flagelo.
Desde o passado dia 6 de Agosto que uma viatura e dois bombeiros de Arronches estão deslocados no norte do país no combate aos incêndios florestais. Esta viatura é um VTTU, normalmente conhecido como auto tanque e está integrada num Grupo de reforço para combate a incêndios florestais (GRIF) do Distrito de Portalegre. Esta equipa dos BVA já apoiou o combate a incêndios em Albergaria-a-Velha, Barcelos, Vieira do Minho, Fafe e Arcos de Valdevez onde actualmente se encontra. De referir que os dois bombeiros que compõem a guarnição da viatura têm sido rendidos, aproximadamente, a cada 48 horas de trabalho. No dia de hoje partiu nova rendição e o 2.º Comandante dos BVA, Bruno Carrilho que irá comandar o Grupo de Reforço do Distrito que se encontra no Minho.
Também uma outra viatura dos BVA, esta de combate a incêndios (VFCI), tem estado em grande actividade. Desde o passado dia 9, que esta viatura e cinco bombeiros está destacada num outro Grupo de Combate do Distrito, estando este sediado na Base de Apoio Logístico de Nisa. A partir da BAL de Nisa esta viatura já esteve presente no combate a incêndios em Seda-Alter do Chão, Castanheira de Pêra e Belver-Gavião.
Todas estas missões tem decorrido sem incidentes pessoais e materiais dignos de registo, sendo de referir o apoio incondicional que as populações das zonas afetadas tem prestado aos bombeiros em combate.
Tem sido com grande esforço e dedicação que os nossos bombeiros têm combatido esta vaga de incêndios que tem assolado o país. Os Bombeiros de Arronches estão, também eles, na linha da frente neste combate, tantas vezes difícil e inglório.
É este o espírito de ser bombeiro; "Vamos mas não sabemos se voltamos"

sexta-feira, 12 de agosto de 2016

Igreja Matriz de cara lavada para receber as Festas em Honra de Nª Sr.ª da Assunção.

Quem passa pela Praça da República não pode ficar indiferente ao equipamento ali instalado para pintar a Igreja Matriz de Arronches. Recorde-se que esta igreja considerada como monumento de grande interesse patrimonial e para quem nos visita, foi alvo de pintura e a colocação de um sistema para afugentar os pombos, já há uns anos.
Graças à relação de proximidade entre o Município de Arronches e a Paróquia, por decisão do executivo, foi tomada a iniciativa de custear esta pintura na igreja que já se encontrava algo deteriorada. 

Segundo o que o Noticias de Arronches soube, estas pinturas vão estender-se também à Igreja da Santa Casa da Misericórdia de Arronches e à própria torre dos Paços do Concelho, já que esta praça funciona como a sala de recepção a quem nos visita.
Assim sendo, já no próximo dia 15 de Agosto, por ocasião das festas, a Igreja Matriz estará mais bonita e permitirá um cenário magnífico para o espectáculo que anualmente se realiza na sua escadaria.

Agosto Cultural em Monforte

Decorreu ontem em Monforte o ciclo de exposições que estarão patentes ao público até 31 de Agosto.
A primeira das exposições a ser inaugurada foi a de Francisco Félix na Biblioteca Municipal.
O Presidente da Câmara Municipal de Monforte, Gonçalo Lagem, quer na Biblioteca como posteriormente na Galeria Municipal onde inaugurou a "Exposição 20" de Francisco Medalhas Alberto, conhecido como artista plástico como "Patico" e natural deste concelho, reconheceu as qualidades de cada um dos artísticas, quer nas artes plásticas como seres humanos.
(Patico e Francisco Félix, os dois artistas plásticos)
Mais tarde foi a vez de inaugurar no Centro Interpretativo Tauromáquico de Monforte a exposição comemorativa dos 10 anos de alternativa de João Moura Caetano. 
O edil recordou o percurso de João Moura Caetano que, embora não tenha nascido em Monforte. veio para esta vila muito pequeno e hoje é um monfortense assumido como cavaleiro tauromáquico, homem ligado à terra como agricultor, e um defensor acérrimo dos valores da vila que o adoptou como um mais dos seus.
João Cortesão amigo de João Moura Caetano, e crítico taurino, autor de um blogue de tauromaquia (Sortes de Gaiola) fez o elogio do cavaleiro de forma eloquente e, diria até poética, terminando por dizer que é para ele um privilégio ter João Moura Caetano como Amigo. Depois da exposição, onde foi exibido um vídeo sobre a carreira de Moura Caetano, no jardim fronteiriço ao CIT, foi servido um beberete a todos os presentes na abertura desta exposição.







Snack-Bar "O Fosso" comemora 10º Aniversário

Tem sido assim nos últimos anos. Luís Aranha e familiares recebem os seus clientes e amigos, no dia em que o seu "O Fosso" comemora mais um aniversário. Este ano, com um significado diferente, pois tratava-se de assinalar uma meta importante: 10 anos de portas abertas ao público.
Ao final da tarde de ontem, de mais um dia de muito calor por estas paragens alentejanas, começaram a chegar os clientes e amigos para desfrutarem de uma tarde em que os petiscos (como sempre de chupar os dedos) estavam à disposição de todos. Apenas havia que pagar as bebidas e outros extras. Tem sido esta a forma que Luís Aranha encontrou para agradecer a todos aqueles que têm feito possível levar por diante já há 10 anos que "O Fosso", situado no jardim que lhe dá o nome, seja um lugar de referência na gastronomia de Arronches.
Não perca a edição de Agosto do Notícias de Arronches, onde Luís Aranha e a esposa nos falam do que tem sido este caminho percorrido.